Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quarta-feira, 1 de março de 2017

Au Petit Peintre


Esta loja foi um marco para os pintores e arquitectos durante muitos anos. Hoje resta uma boa memória e um senhor muito simpatico.

Leonor Janeiro

7 comentários:

Suzana disse...

Tão bonito!! Adorei a primeira folha!

Rosário disse...

Gosto muito destas páginas!

hfm disse...

Como gostei!

Manuel Tavares disse...

Muito bons desenhos. Não faltará a tag "lojastradicionaisdelisboa" nesta publicação?

Alexandra Baptista disse...

Que bonita que é esta publicação.

USKP disse...

E existe mesmo, na oja, este placard com estas relíquias de desenho e pintura!
Muito Bem retratado!

Fefa

Belita Isabel Janeira disse...

Um dos aspectos que mais aprecio neste publicação é o pormenor que apresenta, com tantos elementos já quase, senão em extinção, como sejam o mata borrão e o modelo de telefone tão em uso há já muitos anos..