Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

sábado, 11 de março de 2017

ainda o passeio



 
Na serra do Açor achei curiosas as caixas do correio, nos muros dos quintais umas verdadeiras casinhas miniatura, e as outras, em plena estrada, presas numas tabuas de madeira, com o nome das pessoas e uma tabuleta provavelmente com o nome da pequena aldeia que se adivinhava ao longe...

2 comentários:

zeta disse...

Produto manual que não deixa de ser opção decorativa interessante.

hfm disse...

E assim se vão construindo as nossas histórias.