Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

domingo, 26 de fevereiro de 2017

No Sítio dos Comboios



Mais uns rabiscos no Museu Ferroviário.
Fiquei com pena que muitas coisas que podiam fazer parte do museu, estivessem ao abandono...carruagens, central eléctrica, oficinas, Bairro Camões (onde viviam os ferroviários do Entroncamento)...porque não integrar  tudo e fazer uma verdadeira viagem à história do comboio em Portugal? Vou ficar atenta, pode ser que até arranjem um comboio onde possamos entrar e melhorem a informação do que está exposto.
Espero é que no entretanto.. não seja tudo vendido em peças separadas.

Ah! Quase esquecia um obrigada pelo almoço oferecido pela Ordem dos Arquitectos. Soube muito bem ;)

1 comentário:

Rosário disse...

Bom o teu testemunho! Esperemos que tudo não fique na mesma!