Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

MNF - Entroncamento

Pareceu-me particularmente interessante, três momentos: o memorial de placas de fabricante sobre as maquinas desactivadas (quarto desenho); nas traseiras do museu, uma locomotiva velha e enferrujada cheia de alma (fotografia abaixo), como se as marcas do tempo estivessem ali a contar história; por ultimo, um modelo miniatura guardado numa divisão de vidro mas associado a uma pequena linha com percurso sobre os espaços junto à antiga estação (ultimo desenho).
Foi um encontro de sketchers muito concorrido, cheio de convívio, no qual agradeço o apoio da Ordem dos Arquitectos, a divulgação de "trabalhar com um arquitecto" e a promoção do acto de desenhar.
Estão também de parabéns todos os elementos da organização Uskp PT e do Museu Nacional Ferroviário, principalmente aqueles que incansavelmente nos acompanharam constantemente no atravessamento da linha.






8 comentários:

Hélio Boto disse...

A foto é muito boa, mas se fosse um desenho era ainda melhor!

Bruno Vieira disse...

Obrigado, pena foi ter descoberto esta preciosidade só mesmo no fim.

Rosário disse...

Fantásticos!

Pedro Alves disse...

Belo post, com aquela tipica foto que ja nos habituaste. O primeiro desenho está do outro mundo!

hfm disse...

Lindos!

teresa ruivo disse...

Concordo!

nelson paciencia disse...

Que grandes desenhos!

AB disse...

Desenhos fantásticos!