Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Mixórdia de Carnaval de Torres


Uma mixórdia, não de temáticas porque é sempre a mesma, mas de situações em pleno Corso de Domingo do Carnaval de Torres Vedras. O melhor e mais autêntico Carnaval de Portugal, mais uma vez não desiludiu, foi uma animação do inicio ao fim. Aqui fica uma cena que foca o evento dos Tradicionais Cabeçudos e os homens do Bombo, com os níveis de energia a 200% !

4 comentários:

Bruno Vieira disse...

Este ano, além dos tradicionais Zés Pereiras (de Amarante) que costumam acompanhar os Cabeçudos e das habituais bandas do Concelho, juntaram-se ainda mais bandas de grupos e associações. Este registo ficou explosivo, fantástico!

Patricia Ferreira disse...

Que desenho doido! Gosto do colorido e dos traços brancos que tornam o desenho absolutamente vibrante!

Suzana disse...

É mesmo uma explosão!! Está fantástico!

Sofia Gomes disse...

Que desenho! Que energia! Quase que se ouvem as batidas dos tambores!