Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

sábado, 25 de fevereiro de 2017

Disfarces de Carnaval

Esta é uma altura excelente para desenhar pessoas. Falo das disfarçadas claro. Os fatos são exóticos e extravagantes e não temos de nos preocupar se fica parecido ou não com a pessoa em questão porque nem ela se reconhece. Deixo aqui um polvo que me apareceu cá em casa e a minha filha que está disfarçada de "não sei o quê?!"
Amanhã vou a Torres Vedras. Em Roma sê romano. Por isso vou-me vestir de matrafona. Fica a promessa de um auto retrato.


2 comentários:

nelson paciencia disse...

Não falhes a promessa, esse desenho da matrafona tem tido para sair bem.

Rosário disse...

giro!