Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Desafio 75

Para responder a este desafio escolhi um desenho a caneta preta que fiz em 2015, em Faro. Ao passear pela parte histórica da cidade, vi um edifício, que parecia banhado a ouro com o luz do por do sol! Fiquei deslumbrada e ao aproximar-me vi na fachada esculpido um busto lindíssimo de uma menina que me fez lembrar Arte Nova. Desenhei-a numa só página do caderno. Mais tarde procurei saber que palácio era aquele com ar de triste abandono: era o Palácio Belmarço construído em 1912. Em 2016, quando voltei a Faro, já não vi o palácio dourado, porque estava vedado para renovação: ainda bem!