Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

domingo, 26 de fevereiro de 2017

Campo de Ourique


Um regresso às origens para desenhar as chaminés do bairro numa iniciativa da Rosário Félix/ Campo Vivo. Gostei tanto, obrigada! Desenhei-as todas na mesma folha, ao longo do percurso cuidadosamente organizado  pela Rosário.

4 comentários:

Suzana disse...

Que lindas chaminés!!

USKP disse...

Que bela composição de chaminés nesta dupla página!

Paula cabral

Filipe Almeida disse...

Adoro a composição. Conseguiste encaixá-las todas muito direitinhas.

Marilisa Mesquita disse...

é tudo magnífico nestas páginas!