Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

As chaminés de Campo de Ourique


Ainda não tinha participado nos encontros para Desenhar Campo de Ourique (não contando com o meu primeiro encontro dos Urban Sketchers precisamente nesse bairro há 5 anos atrás), mas o tema escolhido para desenhar as chaminés impulsionou-me a querer marcar presença.
Acabámos por fazer uma espécie de peddy-paper, em que seguimos um mapa para encontrar as chaminés e fizemos uma espécie de corrida para conseguir desenhar as 6 chaminés dentro do horário previsto.
Pelo meio houve oportunidade para descobrir cantinhos e edifícios bonitos, daqueles que dá vontade de conhecer melhor (isto é: de desenhar).



3 comentários:

Mário Crispim disse...

Muito bom!!!
É com o Filipe, que vou aprendendo!

Suzana disse...

Enquadramentos bem bonitos!

ana disse...

Lindo!