Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

#7. British Bar

Conheço o British Bar há muitos anos mas hoje percebi que só lá tinha entrado ao fim da tarde. Àquela hora onde se bebe uma cerveja, dá-se dois dedos de conversa e vamos para casa jantar. Hoje, à hora do almoço, parecia outro espaço.

Para o desafio Lojas tradicionais de Lisboa. O segundo desenho tem que ser repetido.



3 comentários:

teresa ruivo disse...

Porque tem que ser repetido? Está muito "british e cozy" como ele é!

hfm disse...

Inteiramente de acordo com o que a Teresa diz.

Marcelo de Deus disse...

Eu também