Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

#14 Chapelaria Azevedo


Quem não recorda a célebre frase eternizada por Vasco Santana... "chapéus há muitos..."
Pois ele até tem razão! Muitos, mesmo! De todos os feitos, tamanhos, modernos, contemporâneos, antigos, famosos, celebrizados por famosos.
Será possível lembrar Fernando Pessoa sem associar logo o seu chapéu?
Deixo apenas aqui o meu sketch, porque "sketchs... também há muitos!"
- José Leal

4 comentários:

Rosário disse...

Muito bonito! Bela memória.

Teresa disse...

Gosto muito deste registo da Chapelaria Azevedo, onde ia com o meu avô para ele comprar os seus chapéus!

Um sketch com a alma da Chapelaria!

teresa ruivo disse...

Mesmo bonito!

Suzana disse...

Gosto muito do registo!