Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

domingo, 1 de janeiro de 2017

Último desenho do ano


Foi na manhã do dia 31. No meio de um passeio por Monsanto, sentei-me ali, onde já se pode ver o Tejo.
Por momentos lembrei-me da história do aqueduto: o engenheiro italiano, Canevari, que orientava os trabalhos, propunha uma conduta sob o vale de Alcântara. Mas o rei D. João V, achando o projeto pouco entusiasmante e desajustado às suas ambições, despediu o engenheiro, e assim se erigiram os arcos que, mesmo depois do terramoto, ainda dominam a paisagem.

1 comentário: