Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Ponta Delgada

Tenho tido tão pouco tempo para desenhar a cidade que aproveito qualquer bocadinho. Enquanto esperava que o meu filho desse uma voltinha com o seu barco telecomandado num tanque em frente ao forte de São Brás atrevi-me a começar um desenho... afinal as pilhas precisavam de recarga e tive de ser muito rápida...

 (caneta caligráfica e marcador acrílico)                                                                                                                           |«in situ»|

4 comentários:

Rosário disse...

E o desenho ficou perfeito!

Maria Celeste disse...

...que pilhas malandras...

hfm disse...

Gosto tanto do desenho e do local.

USKP disse...

Conheço bem este local! Está fantástico!

João Carvalho