Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

新年好

Aqui ficam os meus desenhos das celebrações da passagem do ano chinês, ontem, no Martim Moniz, em Lisboa. Antes de sair de casa, e prevendo  que tudo fosse muito colorido, lembrei-me de atirar umas ecolines para a mochila para, quem sabe, dar mais força às aguarelas.
Só gosto deles porque -  acidentalmente e  talvez por causa das cores - me fazem lembrar aqueles cartazes históricos  de propaganda da República Popular da China, que exaltam a felicidade do povo e a glória da nação!
Tirando isso, estão bastante atabalhoados, excessivamente imperfeitos e mal acabados, mas já deixei de ter vergonha de  deixar aqui coisas assim...



13 comentários:

Rosário disse...

Maravilhosos!

Maria Celeste disse...

..lindíssimo...
...grande ano do GALO...

USKP disse...

São grandes desenhos, expontaneos e com muita força. Parabens
Leonor Janeiro

Alexandra Baptista disse...

Estão lindos, isso sim!

Nuno Matos Silva disse...

A cerâmica tem algo em comum, a rapidez beneficia.
Desenhos tão festivos e coloridos quanto bonitos.

Eduardo Salavisa disse...

Belíssimos.

Pedro Loureiro disse...

Atabalhoados diz ela...
Falsas modéstias não têm lugar na Revolução Cultural ;)

hfm disse...

Uauuuuuuuuu Teresa, estão óptimos, sobretudo para quem lá não esteve e lhe chega esta reportagem. Obrigada.

Teresa disse...

Gosto muito do registo, e das cores que escolheste ! Cores que estão no nosso imaginário, e nos remetem, como mencionas, para a República Popular da China.

USKP disse...

Espectaculares (e ainda melhores "ao vivo"!)!!

Fefa

nelson paciencia disse...

Tu é que és atabalhoada!
Os desenhos estão de fazer cantar o galo da praça do Martim Moniz...

jeanne disse...

que bons!

Suzana disse...

Está tão giro com tanto movimento, a força da cor resultou mesmo bem, 5 estrelas!!