Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

domingo, 18 de dezembro de 2016

Ser turista em Lisboa

Foi muito agradável, apesar do vento, ir do Cais do Sodré até ao Cais das Colunas. Gosto muito de desenhar enquanto se passam coisas à nossa frente. Como no primeiro desenho o avião e a gaivota que passam. Ou no terceiro onde as gaivotas faziam razias à água. Foi um belo encontro com pessoas novas e outros velhos amigos.




13 comentários:

teresa ruivo disse...

Gosto de todos, mas acho o primeiro (em que até a aguarela ajuda a perspectiva) fantástico! E aprendi que ali, no terceiro, é a Doca de Caldeira!

Fernanda Lamelas disse...

Muito bonitos todos, mas gosto muito do dinamismo do primeiro!

hfm disse...

Não consigo escolher nenhum em particular pois neles encontro a vibração da cor e das escolhas. Gosto muito.

Tive pena de não poder ir mas não podia perder a oportunidade única não só de ver o interior do Jazigo dos Duques de Palmela, mas sobretudo de o desenhar.

Rodrigo Briote disse...

Tiveste uma manhã em cheio

Maria Leonor Janeiro disse...

Gosto de todos mas mais ainda do ultimo. As gaivotas conferem o movimento que, à primeira vista o desenho não necessitava. A imagética ficou assim perfeita!
Leonor Janeiro

Henrique Vogado disse...

Apanhaste muito bem a doca da caldeira. Não imaginava como a "meter" no caderno, mas ficou bem bom. E com as gaivotas a circularem, deu mesmo mais dinamica ao desenho.

Ana Crispim disse...

Lindas as cores... então as da doca da caldeira!!!...

Jrosa disse...

Belos trabalhos. Desta vez fui eu desenhado a desenhar. Estamos quites!

Maria Celeste disse...

...gosto muito, muito Eduardo...

Miú disse...

Vê-se "de olhos fechados" que são teus, estes desenhos e estas cores!

Eduardo Salavisa disse...

Obrigado malta. Os vossos comentários sabem sempre bem.

nelson paciencia disse...

Venho tarde mas ainda a horas. Os teus desenhos estão formidáveis, e as cores são inconfundíveis.

João Catarino disse...

Passo ali muitas vezes passou a ser um dos lugares felizes da cidade óptimo para desenhar resultados bons à vista!