Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

sábado, 31 de dezembro de 2016

rua de S. Miguel



Esta rua estreita é quase como a espinha dorsal de Alfama. Finta a igreja com o mesmo nome, cuja construção remonta a 1150. Funcionou na Idade Média como uma típica Rua Direita, isto é, a rua principal onde se concentravam os comerciantes e a gente dos sete ofícios. Apesar de mal caber um carro, a rua continua a ter bastante movimento, e não são só os turistas que passam. A senhora que ali está, sentada à direita, não cansa de repetir "Olh'a Ginjinha!", e vende copos a um euro.