Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

domingo, 4 de dezembro de 2016

Rocha Conde de Óbidos - Lisboa

Deambulando por Lisboa, demos com estes rebocadores no Porto de Lisboa, na Rocha Conde de Óbidos, e ficou o registo.

Rebocadores no Porto de Lisboa

8 comentários:

teresa ruivo disse...

Ficou muito bom Mário!Gosto da diferença de tons: esbatido no fundo, mais vivo no primeiro plano

Mário Linhares disse...

Ganda Mário!
Há um ano e meio atrás, quem diria?
Excelente a noção de primeiro plano e plano de fundo.
Daqui a um ano e meio, o que estarás a fazer? :)

Maria Celeste disse...

...cada vez melhor...

José Louro disse...

Grande desenho Mário.

Fernanda Lamelas disse...

Deambulando... gosto desse deambular!

Manuel Tavares disse...

Fantástico! Mário. Aprecio muito o teu estilo refinado e cuidado, feito de linhas finas e cores bem aplicadas com um bom enquadramento.E como o Mário frizou, que evolução que tens tido!

nelson paciencia disse...

A evolução deste malandro é impressionante!

Ana Crispim disse...

Mesmo BOM...