Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

O Metro

Quando vou comprar material de desenho apanho o metro em Telheiras e vou até ao Camões. Sento-me habitualmente nos bancos palermas porque estou mais distante dos outros passageiros que vão na minha frente e posso rabiscar sem ser notada. Desta feita apanhei este friso curioso que colori quando cheguei a casa.
Leonor Janeiro

7 comentários:

Membro USkP disse...

E foram muito bem apanhados!

Fefa

teresa ruivo disse...

O metro anda a contagiar os sketchers :) Boa!

Pedro disse...

Simpáticos transeuntes.

Eduardo Salavisa disse...

É um grande desafio. E é uma boa ideia sentarmo-nos no banco dos palermas. Mas sinto-me mais à vontade quando estou em pé.

Maria Celeste disse...

...uma bela ideia...

Belita Isabel Janeira disse...

Interessantes passageiros...captaste muito bem a sua postura...

Ana Carvalho disse...

Pode-se dizer que foi uma viagem produtiva, bem aproveitada, com paisagem humana!
Ana Maria Carvalho