Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Fisioterapia II

Para além de desenhar o tecto e as paredes do cubículo, vou tentando registar o meu joelho e as maquinas à minha volta. Esta parte é particularmente curiosa pois enquanto desenho levo pequenos choques no joelho, o que me dá vontade de rir.

4 comentários:

Miú disse...

Rir é o melhor remédio!

Maria Celeste disse...

...há 5 anos também tive, mas foi joelho direito...
...gosto do desenhar o que se pode...

nelson paciencia disse...

Que perna tão mal atamancada.
As melhoras António!

Membro USkP disse...

Desenhar é mesmo uma boa companhia:) As melhoras!
Celeste Vaz Ferreira