Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

CÉU de Bruxelas

O céu de Bruxelas é quase sempre cor de chumbo porque ou está a chover, ou já choveu ou então vai chover. Aqui está ele a envolver a torre da Camara Municipal. Como é bom viver em Lisboa!
Leonor Janeiro


4 comentários:

Membro USkP disse...

Gosto muito das cores deste céu (mesmo melhor que o original)!
Belo sketch!
Fefa

Ana Resende disse...

Nunca pensei que a cinzenta Bruxelas ficasse tão bem numa aguarela!
Mérito da artista...

Ana Resende

Belita Isabel Janeira disse...

Até parece um golpe de magia... o desinteressante e monótono céu tornou-se belo... Parabéns!

Ana Carvalho disse...

Apanhaste bem o tempo cinzento, outros dias virão com cores mais alegres... não largues o pincel!
Ana Maria Carvalho2