Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Aquela rua de lado

Aquela rua de lado que separa os dois corpos do Centro Cultural Olga Cadaval onde passo quase todos os dias depois de estacionar o carro já me tinha chamado à atenção. De facto esta não foi a primeira vez que a desenhei e certamente não será a última. Tal como o resto do edifício este recanto é um exercício interessante.



2 comentários:

Rosário disse...

Bela perspectiva! Gosto do "passadiço".

Bruno Vieira disse...

Algumas ruas cativam-nos mais, mais um belo registo