Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Ruínas da Igreja de S. Vicente, Évora

Ruínas da Igreja de S. Vicente, no concelho de Évora, perto de Montoito.

9 comentários:

Pedro disse...

Um desenhão!

hfm disse...

Belíssimo!

Jrosa disse...

Genial!

Suzana disse...

Bonito!

Teresa disse...

Esta ideia da fotografia a completar o desenho... gosto muito !

Maria Santos disse...

A ideia da complementaridade do desenho com a paisagem natural está muito boa. Parabéns.

teresa ruivo disse...

Para além dos desenhos serem sempre excelentes, fico espantada com esta tua técnica de sobreposição desenho /foto, que está cada vez mais apurada! Nem um milímetro fora do lugar :)

André Duarte Baptista disse...

bem "captado". como diz a teresa, esta técnica está cada vez mais apurada. parabéns

nelson paciencia disse...

Distorcido como sou, precisava de um caderno inteiro para poder encaixar assim um desenho na paisagem...
Grande desenho Luís!