Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

MÚSICA E PALAVRAS

Apercebi-me, há poucos dias, que numa das minhas turmas os alunos (a maior parte) nunca tinham estado numa exposição ou em ambiente artistico/ estético análogo. Hoje fomos até ao Coliseu Micaelense para VER- desenhando- a exposição que lá está patente.«Música e Palavras: Obras da Coleção de Serralves». Aqueles que não sabiam para o que iam sairam com a cabeça a doer... foi interessante perceber as reações mais diversas e constatar, novamente, que através do desenho as informações veiculam com maior facilidade.

(Permanent fineliner, Liquitex Paint Maker, grafite e lápis de cor)                                              |Mais aqui«in situ»|