Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

domingo, 20 de novembro de 2016

Foram desenhar com... migo

Ontem foi um dia mesmo gratificante. Fiquei deveras contente com a adesão de sketchers que fez questão de rumar ao Museu do Carmo para me ouvir a falar do meu percurso como urban sketcher e no fim partilharmos uma proposta de desenho no espaço do convento.

Tentei mostrar como o desenho esteve sempre presente na minha vida e como, se não praticado, como nos meus 30 anos de arquitecto, se perde a mão e o traço. O desenho em cadernos - e a regularidade que convida e permite - promove a evolução notória de qualquer um, dos que desenham mais ou dos que desenham menos, dos que já desenharam e dos que nunca desenharam. E sempre com (muitos) erros pelo caminho.

Na proposta de desenho, com o tema "Composição na página", convidei a registarem de um modo que eu raramente o faço, por precipitação, mas que persigo fazer: pensarem antes de desenhar. Ou seja, gerir a distribuição nas 2 folhas do caderno de um desenho de um detalhe, um desenho do contexto e a legenda do local (ou logo), permitindo senão mesmo forçando a sobreposição dos 2 desenhos, mas assegurando o protagonismo do detalhe através do traço mais intenso, ou de sombras mais marcadas, ou de mais informação, ou... A rematar, desenhar mas não escrever as letras do local.

Abaixo estão os exemplos que fiz no fim-de-semana passado.
E imagens de quase todos os que se juntaram a mim neste tarde memorável, num espaço que é um verdadeiro luxo. (Obrigado à Rita por nos acolher)





12 comentários:

teresa ruivo disse...

Gostei muito Luís! E és um grande comunicador!:)
Fiquei com pena de não poder ficar até à hora da fotografia...gosto destas recordações!

hfm disse...

Belo registo.

Ana Crispim disse...

Gostei imenso.

Manuela Rolão disse...

Foi espetacular!

Pedro Alves disse...

Tive pena de não poder ir :( Ainda bem que foi um sucesso, parabens ;)

cláudia mestre disse...

Que grupo fantástico! Que pena não ter sido possível ir!

nelson paciencia disse...

Que grande grupo! Parabéns Luís.

AB disse...

"O desenho em cadernos - e a regularidade que convida e permite - promove a evolução notória de qualquer um, dos que desenham mais ou dos que desenham menos, dos que já desenharam e dos que nunca desenharam. E sempre com (muitos) erros pelo caminho."

Está aqui tudo!

Mário Linhares disse...

Que pena tive eu de não ter ido...
Ganda Luís!

Fernanda Lamelas disse...

Foi muito bom! Parabéns Luís!

L.Frasco disse...

Obrigado a todos pelo retorno tão positivo! Eu fiquei mesmo contente como correu.
E, claro, fiquei com pena dos que não puderam aparecer.
Estou a pensar pôr a apresentação no Slideshare. A ver...

Isa Silva disse...

Um dia vou a esses encontros ;-) Ainda não foi desta.