Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Exposição de cartazes do cinema português na SNBA


Aproveitei a hora de almoço para dar um pulo na Sociedade Nacional de Belas-Artes para ver a 1ª exposição de cartazes do cinema português. Tenho visto alguns em Mupis na Avenida da Liberdade. Uma iniciativa da Academia Portuguesa de Cinema. Patente também no Hotel Tivoli e na Cinemateca.

Na sala de exposições tive oportunidade de ver cartazes dos diversas décadas. Interessante ver o desenvolvimento no design e a utilização de diferentes técnicas (desenho, colagem ou fotos de cenas dos filmes). Desenhei uma esquina onde tinha cartazes dos anos 90, alguns conhecia dos postais que eram ditribuídos gratuitamente nos cinemas. Foi dificíl desenhar os detalhes dos cartazes e assim optei por alguns em fotografia. Vale a pena ver a exposição. Há possibilidade de ganhar um poster num sorteio.

2 comentários:

Pedro disse...

Boa! Também lá passei mas não desenhei. Ganhaste.

teresa ruivo disse...

E no dia 26 podemos todos ir lá desenhar. Boa?