Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

sábado, 5 de novembro de 2016

Em busca das memórias da minha infância

Em busca das memórias da minha infância. E não só. Também assisti a muitos concertos memoráveis. Entre eles o inesquecível espectáculo de despedida do Zeca Afonso. Ainda hoje me recordo de todas as emoções sentidas. E outros concertos extraordinários, embora não tão emotivos.

Escolhi este desenho do aspecto geral, porque os restantes - as tais memórias que tentei registar - encontram-se AQUI no meu blogue.


1 comentário:

Maria Celeste disse...

...o Coliseu é difícil de desenhar...