Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Arquipélago - Centro de Artes Contemporâneas | RG

Ainda não tinha visto (de tão perto) o lado Norte do Arquipélago. Já lá estive tantas vezes, mas nunca tive oportunidade e disponibilidade para o desenhar. O equipamento é tão amplo que parece solitário e provavelmente até é... o meu registo foi muito rápido, tinha comigo grafite e o café que restou na chávena. Introduzi as outras cores posteriormente.


(Grafite, lápis de cor e café)                                                                                                                                               |«in situ»|

2 comentários:

Maria Celeste disse...

...simples e tão harmonioso...

Eduardo Salavisa disse...

Gostei muito de ir ao Arquipélago. E de desenhá-lo.