Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

terça-feira, 15 de novembro de 2016

A desenhar para o futuro com André Duarte Baptista

No desafio que o André nos lançou, deveríamos observar e descobrir através do desenho a identidade do lugar, o Jardim das Amoreiras, compondo a partir das partes, o todo.
Achei francamente interessante.





6 comentários:

nelson paciencia disse...

Que óptimos os teus desenhos!

André Duarte Baptista disse...

e que resultado. muito bem conseguido. Parabéns e obrigado pela participação

teresa ruivo disse...

Uau! Que maravilha!

Celeste Vaz Ferreira disse...

Muito obrigada a todos!

Rosário disse...

Também gosto!

Suzana disse...

Estão muito bonitos estes pormenores!