Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Uma manhã pelos Aliados abaixo


Almeida Garrett contempla a Avenida dos Aliados e, para lá do Palácio das Cardosas, a Sé do Porto. O percurso da manhã do domingo do Encontro Nacional de Urban Sketchers levou os desenhadores a descer os Aliados desde a Trindade, por São Bento e pela Rua das Flores, até chegarem ao ponto de encontro para o segundo almoço no Jardim do Infante.



O calor tórrido deixava impassível o dramaturgo, iluminado pelas musas que sustém os capitéis do edifício da Câmara Municipal do Porto.

5 comentários:

Rodrigo Briote disse...

Muito boa a vista da câmara para os Aliados

nelson paciencia disse...

Ainda não tinha visto estes desenhos pá!

Marcelo de Deus disse...

Muito bons mesmo! fogo!
Já agora relembra-me p.f. que caderno é este.
Obrigado

Pedro Loureiro disse...

Obrigado!
Marcelo: foi um prazer finalmente conhecer-te! O caderno é o Hahnemühle 200g (ou algo perto).

Rosário disse...

Fantásticos!