Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Largo da Penha de França, com céu artificial

- It's allowed?....¡Claro que sí!... - Nein, es ist verboten!.... - Pero se tolera?...  - Il est d'éviter...  - E só às vezes? ...- überhaupt!
Enquanto isso, eu gosto de experiências ... :)

                                                         (sem céu artificial está AQUI)

14 comentários:

nelson paciencia disse...

Estou embasbacado com este desenho...
Adoro!

Fernanda Lamelas disse...

Muito giro!!

Procópio António disse...

Epá já começo a ficar invejoso com a forma como fazes estas distorções. Dá-lhe com força Teresa!!!!!

J.Espadaneira disse...

Está muito bom, muito torto... muito bom!

Suzana disse...

Está mesmo giro :D e sim gosto do céu artificial, combina com o estilo BD do desenho!

L.Frasco disse...

Tá fabuloso, Teresa!
Gostava mesmo de me soltar assim.

hfm disse...

Gorgeous, como diriam os amigos americanos!

Pedro Loureiro disse...

Gosto da polémica! Gosto do desenho! Gosto muito!
(e sou da facção "¡Claro qué si!")

Mário Linhares disse...

Parece de plasticina num dia de 40º à sombra! ;)

José Manuel Rosa disse...

Contorções anti-sísmicas. Belo efeito.

José Manuel Rosa disse...

Magnífico desenho - isto é bom, são contorções anti-sísmicas contra o reumático dos edifícios.

Jrosa disse...

Lindo. Isto era bom na realidade - contorção anti-sísmica!

teresa ruivo disse...

Obrigada malta! Pedro, parabéns! Foste o único a assumir uma facção :))

Isa Silva disse...

ohhh pah tão giro :-)