Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Café na Praça de Londres

Adoro desenhos a preto e branco, no entanto, para mim é sempre um desafio conseguir não utilizar côr. Neste resisti.



Ps. Os cantos apresentam uma estranha mancha azul, acho que é alguma sombra indesejada de quando tirei a foto

4 comentários:

Vitor Mingacho disse...

Bom desenho! Esse tipo de mancha é fácil de eliminar se utilizares a ferramenta de ajustamento de curvas. Basta clicar nessa zona e definir que é branca/preta/cinza.

Vicente disse...

Comigo é o contrário, esqueço-me da côr. Belo desenho.

João Santos disse...

Obgd pela dica Vitor!

João Santos disse...

Eu sei Vicente e aprecio sempre muito esse contraste do preto e branco dos teus desenhos. Em alguns registos estou a tentar ser mais económico na utilização da cor.