Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

domingo, 18 de setembro de 2016

PORTAS DO SOL_ALFAMA

 
 
Na sexta passada, encontrei-me nas Portas do Sol  com a Béliza Mendes que
 
 veio diretamente do Luxemburgo, estando presente o Eduardo Salavisa.
 
 

O percurso infelizmente decorreu por escasso tempo, poucas falas como hábito da minha
 
 parte, mas proveitoso onde procurei desenhar apenas aspetos banais.
 
 
 
Antes de terminar devo agradecer a presença simpática da Béliza, que deu atenção ao
 
que se encontrava ao seu redor, mostrou os interessantes desenhos que fez e partilhou.
 
 
 

Deste curto encontro, eis aqui o meu simples contributo através destes registos feitos em
 
 
Alfama na tarde de 16SET16.  
 


                                          Fig. 1. HUMANOS e SEMOVENTES _ Portas do Sol


               


                                                Fig.  2.  DESCENDO A ALFAMA



Fig. 3. LARGO DE S.MIGUEL (ALFAMA)

 
                                 Fig. 4. COM GRUPO DE TURISTAS FRANCESES EM ALFAMA



                                                      Fig.. 5. OS MIRONES DE ALFAMA


                                          Fig. 6. UM PACATO OBSERVADOR EM ALFAMA


                                                    Fig. 7. ALGUÉM VIU FREUD_EM ALFAMA 


                                               Fig. 8. CASA DE FADOS EM ALFAMA

3 comentários:

Maria Celeste disse...

...belos apontamentos de ALFAMA:::

zeta disse...

Um bairro bastante falado mas muito por conhecer e registar. Obrigada MCeleste pela opinião.

Suzana disse...

Contam muito de Alfama, estes desenhos :)