Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

sábado, 24 de setembro de 2016

Mercado Municipal de Torres Vedras

Hoje foi a família toda (A) riscar o património para Torres Vedras. Fomos desenhar o mercado. Eu desenhei as pessoas, as minhas filhas os peixes e os legumes. Foi um dia em família. Gostámos imenso!
A Dona Maria Matilde que ficou muito contente com o desenho porque achou que fui simpático e a desenhei bonita. Eu desenhei o que vi, uma mulher feliz e e orgulhosa da sua banca.

Enquanto desenhava o senhor da direita disse-me: Estás lixado que aqui não há photoshop!

Ao almoço trocam-se experiências e conversa-se um pouco.

7 comentários:

teresa ruivo disse...

Que pessoas tão expressivas...Lindas!

Rosário disse...

Que desenhos tão giros! As pessoas vivem!

hfm disse...

Bela reportagem.

jorge vila nova disse...

muito bom, muito expressivos.
:-)

nelson paciencia disse...

Muito boas as tuas personagens!

Mário Linhares disse...

Fantástico post, António!!

Fernanda Lamelas disse...

Muito bonitos!