Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Lisboa Antiga XIV


Coitado do Largo dos Trigueiros que ia sendo esquecido no meio de tantos posts alusivos a este tema. Neste dia, eu e o Pedro Loureiro fomos beber café com o Eduardo Salavisa e com a Beliza Mendes do Luxemburgo ao dito largo. Depois de uma breve conversa, cada um dedicou-se aos seus desenhos e eu aproveitei para fazer este e continuar nesta Odisseia.

3 comentários:

Mário Linhares disse...

Fantástico!

Bruno Vieira disse...

a perspectiva ficou um pouco inclinada mas resultou muito bem, da-lhe alguma vertigem acentuando o declive. Os tons ficaram mesmo um espetaculo

Membro USkP disse...

aprecio bastante estas tonalidades :)
-marco-