Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Istambul








Os dois primeiros em casa de uma amiga nossa a conversar, beber cerveja e a jogar Sega Mega Drive II. Os outros foram feitos ao longo do dia pelas ruas de Karakoy.
Istambul, Turquia, 10/11.08.2016
avista.naocoisas.com

5 comentários:

João Santos disse...

Um assombro estas páginas, adoro o estilo!

Suzana disse...

Fantásticos!

Tiago Cruz disse...

Obrigado João e Suzana!

teresa ruivo disse...

Gosto sempre, mas mais ainda quando há fundos ou sombras a preto num traço que imprime muita força...

Tiago Cruz disse...

Obrigado Teresa!
Para os curiosos relativamente aquelas grandes manchas pretas, são feitas com uma caneta Posca (15mm). :)