Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Istambul






Os primeiros dois foram feitos num churrasco no quintal da casa da avó da Naz. Os outros três foram feitos enquanto estávamos no Tosbaga Cafe, em Istambul. Quando não se percebe nada do que se fala à nossa volta, desenha-se!

Istambul, Turquia, 07/08.08.2016
avista.naocoisas.com

3 comentários:

Maria Celeste disse...

...gosto destas viagens diferentes...

Tiago Cruz disse...

Obrigado Celeste!

jeanne disse...

da importância/influência das canetas que usamos no que acabamos por "dizer"