Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Estação de Comboios de Santa Apolónia


Em Lisboa na Estação de Caminhos de Ferro de Santa Apolónia.
Confortavelmente sentado num banco do interior da Estação, para o que me chamou á atenção, o colorido e amontoado de casas, na parte exterior da estação. Difícil, devido ao constante vai e vem de comboios, que tapavam a vista.


2 comentários:

Maria Celeste disse...

...ficou muito bem...

teresa ruivo disse...

Sempre límpidos os teus desenhos...