Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

domingo, 25 de setembro de 2016

(a)Riscar o património em Lisboa


7 comentários:

hfm disse...

Gosto muito, Filipe. Só gostaria de saber onde foi feito para compreender melhor a minha cidade.

Filipe Pinto disse...

Obrigado Helena. O desenho foi feito entre a rua do Benformoso e o Largo do Martim Moniz.

jorge vila nova disse...

Passei pelo Filipe enquanto desenhava e é sempre uma descoberta extraordinária ver depois os resultados.
Muito bom.

Fernanda Lamelas disse...

Muito bem resolvido, Filipe!

nelson paciencia disse...

Também gosto deste desenho!

Rodrigo Briote disse...

Os miúdos da rua fartaram-se de elogiar este desenho

Mário Linhares disse...

Que limpeza Filipe, que depuração, que beleza!