Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

sábado, 31 de agosto de 2013

Capela no Largo S. Sebastião em Verride - Montemor-o-Velho


Cafeteria do Parque de Estacionamento


No ultimo piso do parque (6), a cafeteria tem uma vista fabulosa.
...a igreja de S. Catarina,, a ponte, telhados antigos de Lisboa...
...está-se bem...

Parque de Estacionamento-Lisboa


Perto do elevador da Bica ,um novo parque EMEL:




A catedral de consumo de Ponta Delgada - uma parte do complexo do Parque Atlântico.

Leituras na praia

Praia do Baleal - Agosto


Baldaquino - Sagrada Familia - Barcelona

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

DIÁRIO GRÁFICO COMPRIDO



                                               uma imperial ao fim da tarde na praia de S.Pedro

AINDA EM HUESCA;Espanha

DEBUJO DE CINE- Huesca_JUN_JUL13


Fiquei admirada por perceber que os espanhóis não deixam de ser recetivos a outras culturas como constatei relativamente a uma bailarina indiana,  incrustada numa pedra da coluna românica do Panteão Real, localizada no interior do claustro de San Pedro el Viejo, Huesca.



Entre outras projeções de películas e trabalhos vários, presenciamos a realização do filme extraordinário " La India " de Isabel Herguera, realizadora de Cine de Animação de San Sebastian.

O programa constou também de outros oradores: Ana Garcia, Javier Mariscal, Bastian Dubois, Miguel Gallardo, Albert Rodriguez Modolell, Mónica Cid (que igualmente expôs muito dos seus apreciados cadernos), Sagar Fornies e Yvonne Blake.


Ainda nessa sessão de Isabel Herguera registei alguns apontamentos simbólicos e elaborei esta imagem sobre o País asiático visitado pela conferencista e oradora que nós apenas assistimos no cinema.
No final do curso foi distribuído aos participantes o respetivo certificado de presença.

 

 

 

 

 
 

EM HUESCA, Espanha.



1.       No dia 29Jun13, em Huesca, foi-nos facultado um pequeno “cuaderno” em fólio.. Na  capa preta destacavam-se, contrastando, letras brancas enunciando o lema do Congresso assim como o distintivo criado para o efeito (uma cabeça com um alfinete de dama) - que se nota na seguinte ilustração. 
 
O papel de registo do caderno foi tido de alta qualidade e de resistência. Assim, no interior da capa, duplas folhas recicladas, em ciclo offset de 250gr, tudo em formato tipo fole acordeão, de cor branca.
 
2.     A maioria das sessões decorreram  no Teatro Olímpia de Huesca,  Começaram a 28 Jun 13
       véspera do Curso, prosseguiram  a 29, (considerado o 1º. dia desse evento, seguindo a 30 Jun). A frequência finalizou-se no 3º. dia a 1Jul13, com encerramento e despedida de Clara Marta, como sempre uma das incansáveis e impulsionadora desse acontecimento.
Entretanto efetuaram-se visitas e saídas de campo muito singulares, na própria localidade de Huesca e próximas.

Lisboa

Cais das Colunas e Praça do Comércio.

cácá

 


antes e depois do Diogo Malanho


Desenhos do Diogo Malanho

Açores 2

 
 
Feito cedinho esta manhã da varanda de casa.
 
Este mar e este céu são mutantemente sublimes!
 
Aguarela feita no caderno que encadernei com folhas de aguarela.
 

 

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

El Barri Gòtic

Não podendo ter participado no symposium este ano (e ele aqui tão perto) não quis deixar de desenhar a belíssima capital catalã... por isso, assim que tive oportunidade, agarrei no caderno e nas canetas e enfiei-me no carro. Passado 11 horas e 1123Km estava lá!

Ponta Delgada - Açores 1

 
 
Primeira aguarela feita nos Açores em Ponta Delgada. Vista de casa sobre a Serra de Água de Pau. O mar e o céu em turbilhão como eu tanto gosto.
 


Praça D. Luís I, Lisboa

Última sessão do 2º ciclo de Comunicações e Workshops. Com Mónica Cid.

O Convento de S. Francisco em Santarém



Faro



Forum do Algarve

Chaves

Que lugar encantador, o rio, os parques verdes, as casas com as suas varadas de madeira, a comida maravilhosa, as pessoas simpáticas...adorei. Chaves é uma cidade linda.

Os desenhos do Diogo Malanho





Partilho aqui os desenhos do Diogo Malanho no Campo Pequeno.

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Ao sol...


Pão de Forma


No mês em que a Volkswagen anunciou o fim da produção do modelo 'Pão de Forma' não resisiti a desenhar este exemplar bem conservado, com que me cruzei para os lados do Campo Grande. Na parte lateral tinha o logotipo do Programa Ciência Viva da Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica.

Autocarro Castelo Branco-Lisboa


A estátua do Laçador (ou monumento ao Laçador) é um  monumento da cidade de Porto Alegre, estado do Rio Grande do Sul, Brasil. É a representação do gaúcho tradicional, com a roupa campeira. Este monumento foi definido, por lei municipal, como "Simbolo oficial" da cidade no ano de 1992. A obra é de autoria do escultor pelotense Antônio Caringi. 

Manteigas

A mesma cena/tema em materiais diferentes. A da esquerda na fachada de uma casa antiga e a outra num muro de pedra.

A casa do meu avô

A casa do meu avô foi construída em 1930.
Numa altura em que o tempo não tinha a importância que tem hoje, era possível fazer as coisas devagar, dando-lhes qualidade e paixão, que perduram ainda até hoje.
Carpinteiro de profissão, quase tudo foi executado por ele, incluindo o mobiliário.
Neste desenho a pequena sala de estar, ou como a minha avó lhe chamava, "a casa de fora", pouquíssimo utilizada até porque a vida era feita na rua, entre a casa do forno (do pão), o galinheiro e a cozinha onde se penduravam os chouriços ao fumeiro.


Comer em Chaves

No restaurante Flavia, o cliente faz o preço. E não ficam a perder, é um choque cultural tão grande que a reação normal é a de sermos generosos.

Lisboa é assim!

..do cais da Rocha Conde de Óbidos.

Lisboa

 
 


terça-feira, 27 de agosto de 2013

E já com saudades do Verão :)

Nesta primeira ida de Verão a Portugal enquanto emigrante, desviei-me um bocadinho para o mais a Norte que nós: Galiza.
Fica a curiosidade de ir de barco até as Ilhas Cies, mas o saudosismo pelas saborosas tapas, pelo feísmo da arquitectura e pelas praias que me parecem piscinas de água salgada.




Lisboa

 
 
 
 


Ontem à tarde dois sketches feitos na Rocha do Conde de Óbidos; um sobre o Museu de Arte Antiga e o outro com pequenos sketches muito rápidos feitos ali perto.

Casas em Freixo de Numão

Junto à igreja, uma praça cheia de personalidade em que apetecia desenhar todas as casas.

rostos lisboetas no norte



A torre da Amareleja!

com muito calor

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Começar o dia a desenhar!


Às 9 da manha no caminho para a praia, as pessoas ao passarem viam-me a desenhar e davam-me os bons dias, algo estranho por estas bandas!

Casa das histórias - Paula Rego

 

os Leitores são nossos amigos...

Os leitores atentos são os melhores amigos dos USK. Esta sra aguardava pacientemente que o marido e filho saissem da piscina. Aproveitei, claro...