Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

sábado, 9 de Fevereiro de 2013

Travessia da Baía

Hoje ,sábado,sentada na areia virada para o mar,desenhei para a direita o poente e para a esquerda o nascente.
...se fosse a nadar de nascente para poente teria que nadar cerca de 1500 m...
...é o que fazem anualmente alguns valentes...

2 comentários:

hfm disse...

Gostei e senti saudades dos dias em que se pode nadar!

Rosário disse...

Os opostos? bem bonito!