Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Ainda os Açores





Esta aguarela foi feita manhã cedo do alto da estrada que entra na Horta e donde se vê em grande o Monte Queimado do lado da cidade, ao lado um bocadinho do Monte da Guia e por trás o Pico. Uma das coisas que muito me impressiona nesta cidade é as diferentes perspectivas em que os 3 montes se nos apresentam. Sempre diferentes, sempre com tonalidades impressionantes e, por vezes, um desaparece na bruma. Não era o caso neste dia, o Pico estava ali imponente e como se fizesse parte integrante da Horta e não houvesse o canal no meio.

2 comentários:

Henrique Vogado disse...

Vou recordando e viajando pelo Faial através destes desenhos.

Maria Celeste disse...

...gostava mesmo de conhecer...